Saiba como se comporta o Aedes aegypti e os cuidados para se proteger do mosquito


Com aumento de casos de dengue em todo o país, cresce a preocupação com o Aedes aegypti, o mesmo mosquito da zika e chikungunya. Especialistas explicam como o mosquito se comporta e quais os cuidados para se proteger.

Segundo o infectologista Thiago Luiz, o Aedes aegypti não voa em grandes alturas, no máximo 1 m a 1,5 m. O mosquito costuma picar em áreas de membros inferiores das pessoas, como pernas, pés e tornozelos. "Ao contrário que todos pensam, o Aedes não coloca os ovos na água, mas na borda do recipiente, milímetros acima do nível da água e quando ela atinge esses ovos, eles vão eclodir. Entre 10 a 14 dias estão formados o mosquito", explicou. No Piauí, os casos de dengue aumentaram 489% em relação ao mesmo período de 2021. Até o momento, 1.731 casos da doença e duas mortes foram registradas. Já os casos de chikungunya aumentaram 3.009,5%.