top of page

Sobreviventes e corpos das vítimas da tragédia em São Paulo chegam ao Piauí

Os corpos de três piauienses vitimados na tragédia de São Sebastião, litoral norte de São Paulo, chegaram ao Piauí, nesta sexta -feira (24), por volta das 15h e seguiram por via terrestre para o município de São Pedro do Piauí, distante 114 Km de Teresina, onde serão velados e sepultados. Os familiares das vítimas que moravam em São Sebastião também chegaram no mesmo horário, em outra aeronave, e acompanham todo o trajeto.


As vítimas fatais são Adriel de Sousa Costa (33 anos), Maria dos Santos Gomes da Conceição (32) e Keyson Raniery Rios da Silva (02), todos naturais de São Pedro do Piauí. Os familiares são Gleiciane Pereira Jesus da Silva (32), Ana Cristina da Conceição Silva (22), João Emanuel Pereira da Silva (15), Maria de Jesus Pereira da Silva (13) e Francisco Cícero Pereira da Silva (06). O pequeno Alef Miguel da Conceição Costa (02), que também viria com a família, ficará em São Paulo por mais dias sob cuidados médicos e, posteriormente, retorna ao Piauí.

Ao pousar em Teresina, um dos familiares, Gleiciane Pereira, falou um pouco sobre o ocorrido e disse que a família pretende permanecer, a partir de agora, em São Pedro do Piauí. “Nós cinco morávamos na Vila Sahy há apenas um mês e fomos surpreendidos por esse deslizamento que saiu arrastando as casas. Eu consegui sair a tempo, outros foram atingidos, mas sobreviveram, e, infelizmente, outros ficaram soterrados. Ainda não foram encontrados o Rafael, Mariele e Adrian, mas agora vamos tentar seguir a vida em São Pedro, junto com nossa família”, disse.


No último domingo (19), o Gabinete Militar, por ordem do governador Rafael Fonteles, começou a se mobilizar para articular, junto a empresas de táxis aéreos, o traslado das vítimas fatais e dos parentes que estavam em São Sebastião. O Governo do Estado enviou uma aeronave de Teresina para buscar os familiares e fretou outra aeronave de São Paulo para o transporte dos corpos. Com a chegada dos corpos e dos familiares em Teresina, os órgãos assistencialistas intermediaram o traslado para a cidade de origem, contando ainda com o auxílio da Prefeitura de São Pedro do Piauí, que arcou com os custos do deslocamento dos corpos.


Corpo de mais uma piauiense foi encontrado

Na noite de quinta-feira (23), a Prefeitura de São Braz do Piauí confirmou que mais um corpo foi encontrado, o da piauiense Beatriz Farias Macedo, que estava grávida de três meses e era prima de Ariosvaldo Paes Landim, 46 anos, que também morreu no litoral paulista e foi velado no município de São Braz do Piauí. A prefeitura também informou que o corpo de Beatriz será velado e sepultado em São Paulo, junto ao corpo do seu esposo, Aílton Pereira, natural de São Paulo, que também foi encontrado.


Governo presta assistência às famílias

O Governo do Estado do Piauí têm se colocado à disposição para o apoio às famílias. Na quinta- feira (23), a secretária de Assistência Social, Trabalho e Direitos Humanos, Regina Sousa, e a superintendente da Assistência Social, Janaína Mapurunga, visitaram os familiares das vítimas em São Pedro do Piauí e, junto com a secretária da Assistência Social do município, Marianne Ferreira, fazem um levantamento de como podem ajudar essas famílias.

O mesmo deve ser feito em relação às famílias de São Braz do Piauí. Regina Sousa informou que foi, a pedido do governador Rafael Fonteles, verificar o que os familiares estão precisando.




Fonte: CCom; TvLitoralPiaui Paulo Limna



Comments


bottom of page