Produtor perde cinco toneladas de caju por falta de energia para produção de cajuína em Parnaíba


Um produtor precisou jogar no lixo cinco toneladas de caju, no sábado (18), após uma falta de energia que durou quase seis horas em Parnaíba, a 269 km de Teresina. Segundo ele, a fruta, que seria utilizada para a produção de cajuína, bebida tradicional no Piauí, estragou. O prejuízo ultrapassa R$ 20 mil.

Por meio de nota, a Equatorial Piauí informou que a interrupção no fornecimento de energia foi provocada por um curto-circuito após parte da instalação interna do Distrito de Irrigação do local ser atingida por uma ave

Conforme o produtor Josenilto Vasconcelos, cuja propriedade fica localizada na região dos Tabuleiros Litorâneos, o problema iniciou por volta das 12h e a energia foi restabelecida somente às 17h30.

“A estrutura está precária, foram insistentes ligações e só saíram da central de manutenção às 14h37, foram duas horas para vir identificar o problema. Para corrigir foram mais duas horas e meia. Como você leva cinco horas para resolver um problema num local de fácil acesso?”, questionou o produtor.

Ainda segundo o produtor, o problema ocorreu em um período de pico da produção e 5.700 garrafas de cajuína deixaram de ser produzidas em decorrência da falta de energia. O prejuízo é de, em média, R$ 20 a R$ 25 mil.

"Foram cinco horas sem energia, justamente no início do processamento, que é extração do suco, filtragem, engarrafamento e cozimento. Considerando que o preço de uma cajuina varia de R$ 3,60 a R$ 4,40, o prejuízo fica entre R$ 20 e 25 mil. Agora vamos trabalhar para recuperar o valor, o tempo perdido", completou Josenilto.