PRF prende empresário suspeito de homicídio e estelionato no Sul do Piauí



A Polícia Rodoviária Federal no Piauí (PRF-PI) prendeu na terça-feira (4) um empresário pelo crime de estelionato, no município de Bom Jesus, distante 603 km de Teresina. O homem não teve o nome revelado e ainda responde na justiça por homicídio. Nas eleições de 2020 ele chegou a concorrer ao cargo de vice-prefeito.

Segundo a PRF, os policiais fizeram uma abordagem a um veículo de luxo na BR-135 em Bom Jesus. Durante a abordagem foram solicitados os documentos do motorista, mas ele informou que não tinha Carteira Nacional de Habilitação e apresentou apenas outros documentos de identidade. Quando os policiais fizeram uma busca no sistema de Segurança Pública, descobriram que o homem, que tem 46 anos, responde por diversos crimes e tinha um mandado de prisão definitiva contra ele, que foi expedido pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal, em agosto de 2020, pelo crime de estelionato. O empresário ainda responde na Justiça pelo crime de homicídio. Segundo a PRF, o homem chegou a concorrer nas eleições de 2020 ao cargo de vice-prefeito em uma cidade localizada no Sul do Piauí, mas não conseguiu se eleger. A PRF não informou o município onde ele disputou o cargo. “O que mais chamou atenção dos policiais foi o fato do homem ter em seu nome quatro registros no Cadastro de Pessoa Física da Receita Federal. Foi verificado inclusive que os registros foram utilizados para a participação no quadro societário de várias empresas”, afirmou o inspetor Alexsandro Lima. O empresário, que possui empresas no setor de hotelaria e de aluguel de veículos, foi preso e encaminhado para a Delegacia de Bom Jesus. “O acusado é bastante conhecido no meio policial sendo considerado um dos maiores estelionatários da região centro-oeste do país”, informou o inspetor Alexsandro Lima.









Fonte: G1 Pi