Polícia Federal deflagra Operação Neoplasia e prende três suspeitos de fraude previdenciária em Pico


A Polícia Federal no Piauí (PF-PI) deflagrou na manhã desta quarta-feira (6) a Operação Neoplasia e prendeu três pessoas suspeitas de participação em organização criminosa responsável pela realização de crimes previdenciários na região de Picos, distante 313 km de Teresina. Até o momento, a estimativa é de que o grupo tenha gerado um prejuízo de mais de R$ 230 mil ao INSS. Segundo a PF, a organização criminosa é especializada na realização de fraudes, por meio da falsificação de exames e laudos médicos de hospitais, para obtenção de benefícios previdenciários relacionados ao auxílio-doença. Foram cumpridos seis mandados judiciais, sendo três mandados de busca e apreensão e três de prisão temporária. Todos os mandados expedidos pelo juízo da 1ª Vara Federal de Teresina foram cumpridos no município de Picos.