Piauí registra mais três casos de variantes do novo coronavírus

As variantes foram detectadas em uma criança de 9 anos, um jovem de 18 anos e um idoso de 56 anos. Todos eles residem em Teresina.


A Secretaria de Saúde do Piauí (Sesapi) informou nesta terça-feira (13) que foram detectadas nas amostras de três pacientes de Teresina duas variantes do novo coronavírus. Segundo o órgão, os infectados tiveram contato com pessoas do Maranhão e Amazonas, estados onde há o registro das duas variantes.

  • Mutação, variante, cepa e linhagem: entenda o que significam os termos ligados à evolução do coronavírus

  • Estudo mostra eficácia maior da CoronaVac, inclusive contra variantes do coronavírus

As variantes encontradas nas amostras foram a P.1, derivada da linhagem B.1.1.28 e a variante P.2 derivada da linhagem B.1.1.33. Um dos pacientes é uma criança de 9 anos, do sexo feminino. O segundo é um homem de 18 anos e o terceiro é um idoso de 56 anos que viajou para a cidade de Pedreiras (MA). Os exames dos pacientes foram encaminhados para um laboratório na Bahia, que é referência para o sequenciamento dos casos de variantes. “A análise do seu resultado permite quantificar e qualificar a diversidade genética viral circulante no país. Até agora, foram encaminhadas ao Lacen Bahia, 19 amostras do Piauí. Estamos em constante monitoramento”, informou a coordenadora de epidemiologia/CIEVS, Amélia Costa. O Piauí registrou o primeiro caso da nova variante do novo coronavírus no mês de fevereiro deste ano, em um dos 23 pacientes vindos de Manaus para tratamento da Covid-19 em Teresina, devido ao colapso na saúde pública do Amazonas. Em março, haviam investigações sobre nove casos suspeitos da variante do novo coronavírus no estado.






Fonte:G1 Pi