Piauí ficou sem receber 153 mil doses após interdição da Anvisa


Conforme a Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), o Piauí ficou sem receber 153 mil doses da Coranavac, após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), interditar mais de 12 milhões de doses que foram enviadas ao Brasil que não foram inspecionadas. A previsão era de chegar 220 mil e 200 doses do imunizante no domingo (05) no Piauí. Desse total, chegaram apenas 67 mil. De acorod com a Sesapi, não foi enviada nota técnica, mas que a redução ocorreu após o recolhimento das vacinas.

O Ministério da Saúde enviou ao Piauí 67.200 doses de vacina Coronavac/Butantan no domingo(05); 15.210 doses da vacina Pfizer/BioNTech chegaram na tarde de segunda-feira(06) e mais 32.270 doses da vacina Pfizer estão chegando ao estado na tarde do feriado de terça-feira(07). Os imunizantes da Coronavac serão usados para a primeira e segunda dose da população piauiense; Os da Pfizer, vão ser utilizados para a segunda dose dos piauienses. O Secretário de saúde, Florentino Neto, comemora o avanço do processo de imunização dos piauienses, mas pede para a população se vacinar. “Reforçamos o pedido para que as pessoas não deixem de se vacinar. Quando tiver o imunizante disponível, não perca a oportunidade de derrotarmos a Covid-19”, pede o gestor.