Pai que matou filho de 1 ano e seis meses ao jogá-lo no chão é condenado a 19 anos de prisão no Piau

Joaquim Veleda Neto cumprirá a pena referente pelo crime de homicídio qualificado inicialmente em regime fechado.



Criança de 1 ano e seis meses morreu após ser arremessada no chão — Foto: Reproduçã


O jovem Joaquim Veleda Neto foi condenado pelo Tribunal do Júri a 19 anos e três meses de prisão por matar o filho de apenas 1 ano e seis meses, Welton Veleda Lopes, ao jogá-lo no chão. O crime ocorreu em março de 2019 no município de Santa Filomena, a 565 km de Teresina.


  • Compartilhe esta notícia no WhatsApp

  • Compartilhe esta notícia no Telegram

Conforme a denúncia do Ministério Público, Joaquim adentrou na residência onde estava o filho, o pegou no colo e o arremessou no chão.

O julgamento ocorreu nessa segunda-feira (25), na cidade onde ocorreu o crime. O réu cumprirá a pena referente pelo crime de homicídio qualificado inicialmente em regime fechado.


Histórico de violência


No dia que o bebê morreu, Joaquim Veleda Neto foi preso em flagrante. Na época, o delegado Leandro Damasceno informou ao g1 que ele possuía um histórico de violência com a família.

“A esposa relatou também que o suspeito sempre foi bastante violento agressivo durante o período que conviveram. Que era costume dele agredir tanto ela quanto a criança”, comentou o delegado.

Welton Veleda sofreu traumatismo cranioencefálico. O menino chegou a ser socorrido e encaminhado para o hospital da região, mas não resistiu e faleceu.



Por Laura Moura, g1 PI

26/04/2022