Paciente com suspeita de ter a variante Delta está internado em Teresina


Um piauiense, natural do município de São João do Piauí, está internado no Hospital Unimed, em Teresina, com suspeita de contaminação com a variante Delta da Covid-19. Este seria o primeiro caso da variante Delta, que contamina mais rápido a população, no Piauí. Ele viajou para São Paulo, onde visitou um irmão contaminado pela variante Delta. O presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina, Gilberto Albuquerque, disse que ainda não recebeu o Boletim Epidemiológico desta quarta-feira (18). Gilberto Albuquerque, presidente da Fundação Municipal de Saúde - Foto: AscomGilberto Albuquerque, presidente da Fundação Municipal de Saúde - Foto: Ascom "As medidas adotadas são o cuidado e fazer busca ativa aos contactantes. Essa variante tem maior poder de transmissão, mas não tem maior poder de gravidade. Ainda não tenho o boletim de hoje, mas não há relato de gravidade", disse Gilberto Albuquerque. A Secretaria Estadual de Saúde (Sesapi) divulgou nota informando que só pode fazer a confirmação se o paciente internado em Teresina tem a variante Delta da Covid-19 após o sequenciamento do vírus. Uma equipe do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde do Piauí (CIEVS) está investigando o caso do paciente internado. Após a coleta do exame do paciente com internado com suspeita de contaminação da variante Delta, Lacen (Laboratório Central), enviou o material para um laboratório de referência na Bahia para fazer o sequenciamento do vírus para saber se e a variante Delta.