top of page

No 7 de Setembro, Rafael Fonteles fala da reconstrução do Brasil e do combate à desigualdade

Governador prestigiou o desfile cívico que comemora a independência do Brasil


Ogovernador Rafael Fonteles prestigiou neste feriado de 7 de Setembro, que comemora o 201º Aniversário da Proclamação da Independência do Brasil, o desfile cívico-militar em comemoração à data, realizado na Avenida Marechal Castelo Branco, em Teresina. Em entrevista à imprensa, Rafael exaltou a reconstrução do Brasil, por meio do presidente de Lula, e reforçou sobre o combate à desigualdade.

"Esse é um dia especial para o Brasil, ainda mais esse ano que temos à frente da nossa nação o presidente Lula estimulando o amor, a união, a reconstrução do país, a boa relação com as Forças Armadas, com as forças de segurança pública para garantir o progresso do nosso país. Então estou muito feliz de estar como governador do estado pela primeira vez celebrando o 7 de setembro", afirmou o chefe do Executivo Estadual.


Rafael Fonteles frisou que cada um de nós, brasileiros e brasileiras, temos que ter orgulho da nação que formamos, do povo que somos. Ele destacou, no entanto, que temos que ter consciência de que conquistar novas independências, principalmente a redução de desigualdade.

"A gente tem que ter a consciência de que novas independências a gente tem que construir ao longo do tempo, especialmente a redução das desigualdades, a garantia de direitos para muitos que ainda são excluídos. Vários direitos fundamentais para a sociedade, como o acesso à alimentação, à moradia digna, à água, à energia, a um trabalho digno. Então é momento também de reflexão, de apontar o futuro para novas conquistas que o povo brasileiro precisa e merece", comentou.


O Comandante-Geral da Polícia Militar, Coronel Sheiwann Lopes, destacou que o 7 de Setembro é um momento de muito alegria para festeja nossa independência e que por isso atrai multidões para a avenida. "É um calendário que anualmente atrai muitas pessoas aqui para a avenida para assistir aos desfiles das nossas tropas, das Forças Amadas. É um momento de celebrar a independência do nosso país e rememorar a lembrança dos heróis da pátria que tanto contribuíram e os que estão agora na ativa, no dia a dia, tornando sólida e firme a independência do nosso país, tendo paz, dignidade, tranquilidade, mantendo a paz e a ordem, tranquilidade para que o cidadão possa ir e vir com tranquilidade", comentou.


O coronel Sá Junior, responsável pela organização do desfile, disse o evento foi marcado por entusiasmo e dinamismo, necessários ao Brasil neste momento. "A tônica é entusiasmo e dinamismo. Isso é o que o nosso país precisa, entusiasmo e dinamismo. Nós estamos passando por momentos de recuperação, momentos maravilhosos", frisou.

Desfile

O desfile teve 5 mil pessoas marchando. Mais de 50 instituições participaram do evento, dentre elas, Polícia Militar, Polícia Civil, Guarda Municipal, Corpo de Bombeiros, 25º BC, 2º BEC e o Regimento da Polícia Montada da PM-

Também desfilaram escolas públicas e privadas, tropas militares e desfile de viaturas, pelotões mirins. Mais de 500 policiais militares fizeram a segurança do local. O desfile teve o apoio de ambulâncias do SAMU, do Hospital da Polícia Militar (HPM), do Exército Brasileiro e do Corpo de Bombeiros.



Fonte NR, TvLitoralPiaui Paulo Lima.


コメント


bottom of page