Marinha investiga acidente com canoa que afundou e deixou 4 mortos no rio Parnaíba, no Sul do Piauí

Segundo a Capitania dos Portos, a equipe irá instaurar um Inquérito Administrativo sobre Acidentes e Fatos da Navegação (IAFN), para entender o que teria causado o acidente e avaliar se alguém deve ser responsabilizado.


A Marinha do Brasil informou que enviou uma equipe da Capitania dos Portos para investigar as causas do acidente em que uma canoa afundou na cidade de Antônio Almeida, no Piauí, no último domingo (17), e deixou quatro pessoas mortas e uma desaparecida. Leia o comunicado completo da Marinha no final desta reportagem.

Quatro mulheres morreram afogadas, entre elas uma menina de 5 anos e sua mãe. Uma jovem de 18 anos continua desaparecida. Outras seis pessoas que também estavam na canoa conseguiram sobreviver. Segundo a Capitania dos Portos, a equipe irá instaurar um Inquérito Administrativo sobre Acidentes e Fatos da Navegação (IAFN), para entender o que teria causado o acidente e avaliar se alguém deve ser responsabilizado.