Lula admite que será candidato em 2022 em entrevista a revista francesa




O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) confirmou pela primeira vez que é pré-candidato à eleição de 2022 após ter recuperado os direitos políticos por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). "Serei candidato contra Bolsonaro", disse Lula para a revista francesa Paris Match.


"Se estiver na melhor posição para ganhar as eleições e estiver com boa saúde, sim, não hesitarei", disse o ex-presidente.

"Penso que fui um bom presidente. Criei laços fortes com a Europa, América do Sul, África, Estados Unidos, China, Rússia. Sob meu mandato, o Brasil tornou-se um importante ator no cenário mundial, notadamente criando pontes entre a América do Sul, África e os países árabes, com o objetivo de estabelecer e fortalecer uma relação entre países do Hemisfério Sul e demonstrar que o predomínio geopolítico do Norte não era imutável".