IFPI vai exigir passaporte da vacina no retorno à aulas presenciais

A decisão foi tomada em reunião nesta quinta (20). Para o início do semestre letivo 2022.1, cada campus do instituto possui a sua própria previsão para início das aulas, a maioria é a partir de 3 de fevereiro.


IFPI — Foto: Gil Oliveira/g1


O Instituto Federal do Piauí (IFPI) decidiu em reunião, nesta quinta-feira (20), a exigência do passaporte da vacina para a volta das aulas presenciais da instituição. O documento será cobrado tanto para estudantes quanto para servidores do instituto.

Ao todo, 25 dirigentes votaram a favor da exigência do certificado e somente um se absteve. O reitor do IFPI, Paulo Borges, informou que a medida tem como objetivo cumprir as recomendações das autoridades competentes e garantir um retorno às atividades presenciais seguro.


  • Compartilhe esta notícia no WhatsApp

  • Compartilhe esta notícia no Telegram

“Estamos seguindo todas as orientações do COE Estadual que prevê que as atividades podem ser presenciais e que pode ocorrer a cobrança do certificado de vacina. Houve uma recomendação do Ministério da Educação (MEC), porém, em 48 horas o Supremo Tribunal Federal (STF) orientou que exigisse. Estamos cumprindo o ponto de vista legal e científico”, afirmou.


Na reunião foi apresentada ainda a portaria que autoriza o avanço das atividades educacionais para a fase híbrida a partir do primeiro semestre deste ano.

O Comitê de Prevenção ao Coronavírus da instituição de ensino acompanhará os indicadores gerais e locais, das condições de biossegurança e avaliará a cada 15 dias - ou em caráter extraordinário, quando for necessário - as condições de biossegurança para manutenção de cada campus na fase híbrida.

Atualmente, o IFPI está com as atividades no formato híbrido (presencial e remoto). Algumas atividades retornaram no formato presencial, como as atividades práticas e algumas atividades de pesquisa em laboratórios, mas a maioria das atividades acadêmicas de ensino continuaram no formato remoto.


Para o início do semestre letivo 2022.1, cada campus do instituto possui a sua própria previsão para início das aulas, a maioria é a partir de 3 de fevereiro.


UFPI e Uespi


Na Universidade Estadual do Piauí (Uespi), o passaporte de vacina também será obrigatório para estudantes e servidores. Entretanto, na Universidade Federal do Piauí (UFPI), o documento não será exigido, medida que gerou críticas à instituição.

LEIA TAMBÉM

  • Veja como será o retorno das aulas na UFPI, Uespi e IFPI no estado do Piauí

  • UFPI planeja exigir comprovante de vacinação para aluno realizar matrícula

  • Escolas do Piauí devem exigir passaporte da vacina contra Covid para alunos na volta às aulas presenciais



Por Laura Moura, g1 PI

20/01/2022