Governadora Regina Sousa nomeia novos secretários no Piauí; veja lista

Regina Sousa (PT) tomou posse como governadora e fez mudanças no secretariado. A maioria deixou o cargo para disputar as eleições de 2022.



Palácio de Karnak, em Teresina — Foto: Ilanna Serena/g1


A governadora Regina Sousa (PT) nomeou novos secretários para o mandato que durará nove meses, após substituir Wellington Dias (PT). A maioria das mudanças acontece devido à saída dos ex-gestores para disputar as eleições 2022.

Ao todo, foram 12 alterações. As 11 novas exonerações e nomeações foram publicadas já no Diário Oficial dessa quinta (31). Uma mudança já tinha sido anunciada anteriormente: na secretaria de governo.


  • Compartilhe esta notícia no WhatsApp

  • Compartilhe esta notícia no Telegram

As mais recentes trocas foram nas secretarias de saúde, cidades, cultura, fazenda, turismo, infraestrutura, transportes, de agronegócio e empreendedorismo rural, na coordenadoria de enfrentamento às drogas, na superintendência de parcerias público-privadas e no comando da Polícia Militar.


LEIA TAMBÉM


  • Quem é Regina Sousa: conheça a nova governadora do Piauí

  • Regina Sousa toma posse como governadora

  • Secretários do Piauí pedem exoneração para disputar eleições 2022

Essas foram as mudanças realizadas até o momento e são válidas a partir deste dia 1º de abril, conforme a publicação. Os novos gestores já tinham funções dentro da própria secretaria que assumiram.


Continua depois da publicidade.

Polícia Militar

Foi exonerado o coronel Lindomar Castilho e nomeado o coronel Scheiwann Scheleiden Lopes.


Enfrentamento às drogas

Foi nomeado Sâmio Falcão Mendes para o comando da coordenadoria, com a saída de Cida Santiago


Agronegócio

Jonas Moura de Araújo assume a secretaria agronegócio e empreendedorismo rural com a saída de Simone Pereir


Fazend

Após saída de Rafael Fonteles, assume Antônio Luiz Soares Santos.


Saúde

Florentino Neto deixou o cargo e foi nomeado Antônio Neris Machado.


Turismo

Marcelo Rodrigues da Costa assume a pasta


Infraestrutura

Deusval Lacerda de Moraes foi nomeado para o cargo, após saída de Janaínna Marques.


Transportes

Maria Vilani da Silva é a nova secretária de transportes, com a saída de Hélio Isaías.


Cidades

Quem assume a pasta é Gustavo Henrique Mendonça Xavier, no lugar de Fábio Xavier.


Cultura

Carlos Adalberto Ribeiro Anchieta assume a vaga deixada por Fábio Novo.


Suparc

A Superintendentência de Parcerias e Concessões ficará sob o comando de Érica Feitosa Coelho Marinho, com a saída de Viviane Moura.


Regina toma posse


Wellington Dias (PT) renunciou ao cargo e Regina Sousa (PT) assumiu na manhã de quinta-feira (31) o comando do governo do estado.

Regina Sousa , durante discurso de posse, destacou que o foco de sua gestão, que ela declarou como um comando de "continuidade, e não um novo governo", será de combate à pobreza.

Ela falou ainda sobre questionamentos que considera "machistas" sobre não ter sido eleita para o cargo de governadora.



Regina Sousa (PT) toma posse como governadora do Piauí — Foto: Roberta Aline/CCom


“Nem nos meus sonhos mais dourados sonhei estar aqui, como governadora. Escolhida pelo voto sim, fui eleita sim. E aos que questionam, não há eleição para vice, minha foto estava ao lado da de Wellington nas eleições. Estou aqui, mulher negra, governadora sim, colocando um tijolinho no empoderamento das mulheres”, declarou.

E disse que embora admita pedir conselhos ao ex-governador, não terá “tutela” ao conduzir o cargo.


“Isso é um pensamento machista de que mulheres precisam ser guiadas por homens em cargos públicos. Não hesitarei em pedir opiniões, afinal não é todo mundo que tem um amigo com experiência de quatro mandatos como governador. E esse não é um novo governo, é a finalização de uma gestão, o plano de governo está lá e espero para concluí-lo”, disse.


Posse marcada por protesto de professores



Regina Sousa (PT) toma posse como governadora do Piauí — Foto: Lucas Marreiros/g1


No Palácio de Karnak, um grupo de servidores estaduais realizou protestos diante da estrutura montada para a posse.

A principal categoria é a dos professores, em greve há quase 50 dias. Os profissionais da educação exigem o cumprimento do piso definido pelo governo federal e questionam o percentual proposto pelo governo e aprovado na Alepi.



Regina Sousa (PT) toma posse como governadora do Piauí — Foto: Lucas Marreiros/g1


A governadora fez a revista às tropas da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. Em seguida, recebeu a faixa e assinou o termo de posse.

Como primeiro ato de gestão, Regina assinou a entrega de títulos de terras a mulheres quebradeiras de coco. Essa foi uma das primeiras atividades exercidas pela governadora ainda na adolescência.



Regina Sousa (PT) toma posse como governadora do Piauí — Foto: Reprodução


Regina falou que na segurança, a implantação de moto-policiamento e ciclo-policiamento (com agentes em bicicletas) deve ser uma novidade. Na saúde, combate ao AVC e atenção à saúde materno-infantil. Outro foco será a socialização no sistema prisional. A entrega de títulos de terras a trabalhadores rurais


Quem é Regina Sousa


Maria Regina Sousa, 71 anos, se torna a primeira mulher a assumir o cargo efetivamente. Formada em Letras, com habilitação em língua portuguesa e francesa, pela Universidade Federal do Piauí, exerceu também a carreira bancária.


  • Leia a biografia de Regina Sousa

Wellington Dias (PT) deixa o cargo após dois mandatos consecutivos - e quatro ao todo como governador - e deve concorrer ao Senado nas eleições de 2022.


Com a posse, Regina se tornará uma das três mulheres a governar um estado do país neste ano. Na história do país, apenas nove mulheres foram eleitas para o comando do executivo estadual em seus estados.


Por Maria Romero, g1 PI

01/04/2022