Ex-prefeito de Esperantina, Felipe Santolia, é preso em Caraguatatuba

Ex-prefeito estava foragido depois de ser condenado há doze anos de prisão por desvios milionários do sistema de previdência enquanto era prefeito. Em Caraguatatuba ele usava identidade falsa e mantinha uma statup de aplicativos.

O ex-prefeito de Esperantina, no Piauí, Felipe Santolia, foi preso pela Polícia Civil nesta quarta-feira (23) em Caraguatatuba, no Litoral Norte. Ele estava foragido da polícia há pelo menos um ano por desviar dinheiro do instituto de previdência enquanto era gestor.

Santolia foi preso na região central da cidade durante uma operação da polícia. De acordo com os policiais, ele usava um nome e identidades falsas na cidade e atuava como empresário em uma startup de aplicativos. Durante a prisão, ele teria apresentado documentos falsos alegando que seria de Minas Gerais, mas admitiu a identidade na delegacia em São Paulo, onde permanece preso. Felipe foi prefeito de Espertina entre 2005 e 2008 e foi acusado por desvios milionários ocorridos enquanto ocupava o cargo público. Ele respondeu a processos na justiça e foi condenado. De acordo com a polícia, ele integrava o rol de pessoas procuradas, com pena de doze anos e três meses.