Detento é espancado até a morte dentro de cela de presídio em Parnaíba

O detento Alinaldo da Silva Oliveira, conhecido como "Naldin", de 27 anos, foi morto na madrugada desta sexta-feira (25/03)


O detento Alinaldo da Silva Oliveira, conhecido como "Naldin", de 27 anos, foi morto na madrugada desta sexta-feira (25/03) em uma das celas de triagem da Penitenciária Mista Juiz Fontes Ibiapina de Parnaíba. O homem estava preso provisoriamente e respondia a processos por roubo, corrupção de menores e tráfico de drogas pela Comarca de Luís Correia.


"Ele foi espancado fisicamente até a morte, não sendo utilizado nenhum objeto cortante ou perfurante, mas sim a força e a violência dos colegas de cela, que deixaram o rosto da vítima desfigurado. O local que ele estava preso com outros vinte e cinco internos era muito apertado, devendo medir uns de três metros de largura por sete de comprimento", afirmou uma fonte ao Blog do Coveiro que preferiu o anonimato.


Continua depois da publicidade.

Outros dois detentos que estavam na mesma cela foram espancados e a motivação do crime será investigada pela Delegacia de Homicídios, Tráfico e Latrocínios (DHTL) de Parnaíba. O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para fazer a remoção do corpo.

Vale ressaltar que a Penitenciária Mista de Parnaíba é o estabelecimento prisional mais superlotado do Estado do Piauí, possuindo uma população carcerária que gira em torno de 600 internos, sendo que sua capacidade de lotação é para 176 vagas, ou seja, são mais de 400 presos a mais que o suportado.


A unidade penal abriga presos sentenciados e provisórios, do sexo masculino (mais de 500 homens) e feminino (mais de 40 mulheres). Da população carcerária masculina, cerca de 300 são sentenciados e os demais são presos provisórios. Entre as mulheres, cerca de 25 são sentenciadas e as outras são presas provisórias.


Fonte portal do Katita.