Cachorro enrolado em lençol é confundido com cadáver humano e mobiliza polícias no Piauí

Equipes da Polícia Civil, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e do Instituto de Medicina Legal (IML) foram acionadas para a ocorrência.


A denúncia de um corpo enrolado em um lençol dentro de um matagal no Residencial Aroeiras, na Zona Leste de Teresina, mobilizou equipes das polícias civil e militar nesta terça-feira (3). Na verdade, se tratava de um cachorro morto. Policiais militares perceberam o corpo, envolvido em um lençol, quando passavam pelo local. Um morador chegou a relatar que ouviu o barulho de três tiros na madrugada desta terça-feira e, por isso, acreditava que fosse uma pessoa assassinada. Equipes da Polícia Civil, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), e do Instituto de Medicina Legal (IML) foram acionadas para a ocorrência. Somente com a chegada da perícia, foi possível abrir o lençol e constatar que na verdade, se tratava de um cachorro.