Barragem Mesa de Pedra sangra e água invade bares e restaurantes em Valença do Piauí; vídeo.

O alagamento surpreendeu alguns donos de bares, que perderam equipamentos como freezers, geladeiras, cadeiras e até mesas de sinuca nos bares, que foram destruídos.


Barragem Mesa de Pedra sangra e água invade bares e restaurantes em Valença do Piauí; vídeo — Foto: Reprodução/ Portal V1


Vídeos gravados na manhã deste domingo (20) por moradores de Valença do Piauí mostram uma verdadeira cachoeira caindo sobre a barragem Mesa de Pedra, na cidade de Valença do Piauí. Segundo a Brigada municipal de socorristas de Valença, nenhum morador precisou ser resgatado.


  • Compartilhe esta notícia pelo Whatsapp

As filmagens, feitas pelo morador Otávio Pereira, mostram que a água invadiu barracas onde funcionam os bares e restaurantes que ficam no entorno da barragem. O local é ponto turístico da cidade de Valença, onde os visitantes aproveitam para se refrescar no rio Sambito.

O sangramento da barragem já havia começado nos últimos dias, e aumento do fluxo de água era esperado pelos moradores.


Continua depois da publicidade.

Mesmo assim, o alagamento surpreendeu alguns donos de bares. De acordo com Otávio Pereira, alguns empresários deixaram equipamentos como freezers, geladeiras, cadeiras e até mesas de sinuca nos bares, que foram destruídos.


8 barragens sangrando

O Instituto de Desenvolvimento do Piauí (Idepi) informou, nesta quinta-feira (17), que oito barragens das regiões Norte, Centro e Sul do estado atingiram o volume máximo e estão sangrando. A previsão é de que o número aumente nos próximos dias. Ao todo, 14 reservatórios de água no estado são monitorados pelo órgão.


Leia também:


  • Oito barragens atingem capacidade máxima e sangram no Piauí; previsão é de mais chuvas

O monitoramento do Idepi aponta que, além da barragem Mesa de Pedra, estão sangrando as barragens: Emparedado e Corredores, em Campo Maior; Bezerro, em José de Freitas; Salinas, em São Francisco do Piauí; Piracuruca, em Piracuruca; São Vicente, em São Miguel do Tapuio; e barragem Estreito, em Padre Marcos.

Segundo o diretor de engenharia do Idepi, Antônio Marcos Silva, esse processo de sangramento ocorre em algumas barragens quando as chuvas são muito intensas e provocam grandes acumulados de água.


Por g1 PI

20/03/2022