Após perder cunhada para Covid e vencer o câncer, mulher comemora vacina: 'presente antecipado'

A mulher que fará aniversário no domingo (9), também Dia das Mães, e contou que a ansiedade foi tanta que quase não dormiu. Ela tem várias comorbidades e tomou a primeira dose da Pfizer nesta quinta (6).


Flor de Lis Marina, de 55 anos, ganhou um presente de aniversário e de Dia das Mães antecipado. Ela é hipertensa, diabética, obesa, já enfrentou um câncer e recentemente perdeu uma cunhada para a Covid-19. Nesta quinta-feira (6), a dona de casa tomou a primeira dose da vacina Pfizer, destinada a pessoas com comorbidade em Teresina.

  • Vacina contra Covid-19 em Teresina: veja quem pode ser vacinado hoje e o que fazer

A mulher que fará aniversário no domingo (9), também Dia das Mães, contou ao G1 que a ansiedade foi tanta que quase não dormiu. Ela chegou com uma hora de antecedência ao Hospital Dr. Alberto Neto, local da vacinação para onde confirmou o agendamento, no bairro Dirceu II, Zona Sudeste da capital. Emocionada, a dona de casa e mãe de três filhos disse que praticou o isolamento social desde o início da pandemia e falou da felicidade em receber a primeira dose da vacina. "Sempre mantive os cuidados, fiquei em casa, usei máscara. Com a ajuda da minha filha fiquei tentando o agendamento até conseguir. Já passei por tantas coisas. Minha vontade é só de chorar, mas chorar de felicidade. A vacina é meu presente", disse.










Fonte: G1 Pi